Comunicar com a Cabeça, Tronco e os Membros

A linguagem mais honesta é não-verbal, consistindo em até 80 % da informação trocada numa interação. Há cerca de 150 anos que várias áreas como por exemplo a biologia, psiquiatria, antropologia, psicologia, primatologia e mais recentemente imagem médica provam a natureza reflexiva da linguagem corporal.

Vai descobrir porque é que os corpos das pessoas exprimem mais as suas emoções, pensamentos, intenções e confiança do que as palavras que utilizam, assim como o papel essencial da comunicação na formação das impressões pessoais. Durante a evolução humana, a necessidade de sobrevivência moldou esta linguagem universal que ainda hoje manifestamos e que possibilita descodificar o comportamento humano com precisão.

“Comunicar com a Cabeça, o Tronco e os Membros” oferece uma metodologia de descodificação do comportamento não-verbal testada através da práctica profissional e pela ciência mais recente.